domingo, 3 de outubro de 2010

Preciosos momentos .


Ontem vi o mar. Estava bravo. E o vento ajudava-o nessa componente. Apetecia-me saltar de cima e dar um mergulho. Ficar por ali e nao regressar a casa. Acalma, mesmo estando terrivelmente bravo. As ondas batiam a uma velocidade íncontrolável nas rochas e o som que prenunciavam entoava no meu coraçao. Tal como o cheiro fresco a água salgada. De facto, é reconfortante. E ao vir no carro, senti-me como uma pena. Leve e calma. Perfeita sintonia. Preciosos instantes.

72 comentários:

  1. lindo, lindo!
    tu és sempre tão querida, obrigada!

    ResponderEliminar
  2. O mar chega a ser muito relaxante (:

    ResponderEliminar
  3. Coisa linda esse blog e o texto maravilhoso.

    ResponderEliminar
  4. Coisa linda esse blog e o texto maravilhoso.

    ResponderEliminar
  5. perfeito, adoro !
    obrigada pelo selo querida *.*

    ResponderEliminar
  6. olha não digas o meu nome, odeio quando o fazem :x. é que ninguém me trata como tal, só mesmo a minha mãe quando está chateada comigo!

    ResponderEliminar
  7. tu não sabias, não faz mal. mas é que me faz impressão chamarem-me pelo meu nome, até porque não gosto dele.

    ResponderEliminar
  8. que texto lindo! o mar tem destas coisas... é um vai e vem encantador; seja em que circunstancias for! :) *

    ResponderEliminar
  9. eu sei o que isso é, já eu tenho tantas mas tantas saudades do mar... nem imaginas! *

    ResponderEliminar
  10. imagino mesmo, eu adoro o mar, seja de que maneira for! (:

    ResponderEliminar
  11. obrigada, mais uma vez :)
    também partilho do mesmo sentimento, o mar tem esse dom para comigo!

    ResponderEliminar
  12. reparo agora, devias de ter mais seguidores! mas esta gente anda com a cabecinha aonde? não vêem que o teu cantinho é lindo e que escreves perfeitamente bem?!

    ResponderEliminar
  13. acho love, eu pelo menos derreto-me toda a ler os teus textos, fico sempre muito pensativa! e quanto ao teu obrigado, deixa-te disso, as verdades dizem-se sempre que se sentem :)

    ResponderEliminar
  14. oooh, obrigada amor! espero que continues a ler-me sempre, tá? *

    ResponderEliminar
  15. não tens que agradecer:) sempre ás odens

    ResponderEliminar
  16. vai a marte lá tens toda a harmonia $:

    ResponderEliminar
  17. obrigada querida, obrigada mesmo!
    ah, e sempre que precisares de falar ou só mesmo de distracção, conta comigo, sim? :)
    [tens é que me dar o teu msn *-*]

    ResponderEliminar
  18. E eu gosto da tua musica, é linda $:

    ResponderEliminar
  19. Obrigada querida (':
    Também adoro o mar e essa paz que nos transmite até quando está furioso

    ResponderEliminar
  20. Catarina, poderoso é o mar que arrebenta, fragmenta, realinha, empurra, arrasta, e nos deixa perfeitos para continuarmos tentando os sonhos. O mar é o sonho real, ou não?

    Abraço!

    Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com que convida para ler “O Candidato” ou qualquer outra coisa...

    ResponderEliminar
  21. Amor não tens andado bem, porquê? Sinto falta dos teus comentários :S
    Foi sem dúvida um experiência única. Foi excelente.
    Beijinho GF

    ResponderEliminar
  22. feliz não é bem a palavra, diguemos que estou bem (:

    ResponderEliminar
  23. nem me digas nada, sinto-me tao vazia sem ela :'c

    ResponderEliminar
  24. espero que te sintas tao bem como eu lá (:

    ResponderEliminar
  25. muito verdade . ás vezes faz mais mal que bem !
    nao tens de agradecer bé (:

    ResponderEliminar
  26. espero desesperadamente esse dia :x

    ResponderEliminar
  27. Também gosto imenso, é das minhas peças preferidas (:

    ResponderEliminar
  28. claro que sim, e tu também. sou do porto/paredes, e tu? (:

    ResponderEliminar
  29. eu sei o que isso é.
    hoje passei pela mesma expriência, e é tão bom! parece que o mar nos faz esquecer de tudo, só com um rebentar de ondas.

    ResponderEliminar
  30. Então porquê?
    se precisares de alguma coisa diz. eu dou-te o meu mail.
    ''A minha vida completamente de pernas para o ar é o que sinto. Parece que estou louca. Não há nada nem ninguém que consiga alterar todo este mau estar. Sinto-me como um mundo ao contrário. Será que fui assim tão estúpida? Será que sou assim tão estúpida? Fogo se gosto é porque gosto, senão gosto é porque não gosto… não compreendo nada do que me está acontecer.


    Nada está no sítio certo, virou-se tudo ao contrário! Foi tudo muito de repente, num dia estava bem tinha tudo o que desejava e no outro dia estava sem nada.


    GF." um dos meus posts

    ResponderEliminar
  31. O mar dá-nos tanta vida! aquele barulho , a sua presença. É fantástico! *.*

    ResponderEliminar
  32. Isso digo eu. Está fantástico Catarina, FANTÁSTICO (:

    ResponderEliminar
  33. Eu também tenho sempre imensa dificulade no que diz respeito ao aspecto do blog. Nunca está como eu gosto. Olha 'mete-o' de acordo com o teu estado de espirito. Com certeza que se te agradar a ti por acréscimo agradará a toda a gente. Mas antes de qualquer pessoa és tu quem tem que gostar afinal este cantinho é teu. E com as tuas palavras transmitiste-me muita serenidade, acho que o objectivo de qualquer escritor é transmitir o sentimento desejado.. atingiste-o na perfeição.

    ResponderEliminar
  34. adoro, adoro, adoro :)
    passo a seguir fielmente ;)

    beijinho*

    ResponderEliminar
  35. Meu amor, só agora reparei que ainda não te seguia. :o
    E sou das mais assiduas neste blogue. (a)
    Vamos princesa, corageeeem. <3

    ResponderEliminar
  36. - ainda bem minha querida, é mesmo verdade :D

    ResponderEliminar
  37. É lindo :O
    Tudo na vida não é facil, mas vamos LUTAR... LUTAR...

    ResponderEliminar

Abre o teu coração e exprime-te com as palavras que dele chegam (: