sábado, 23 de outubro de 2010

P,

Deitada sobre a cama, aconchegada pelo calor do quarto e embalada pela perfeita melodia da música que caracterizou, um dia, toda a nossa história, recordo e sinto conscientemente. Recordo os cinco anos ao teu lado e perto do teu coração. E sinto cada instante a invadir-me a memória. Por vezes é assim. As recordações sobrepõem-se ao passado já fechado a sete chaves. Sabes, meu querido? Encaixotei toda a nossa história e todo o amor que nutria por ti. Está tudo muito bem guardado e arrumado. Para que um dia não me tente. Para que a vontade de reviver tudo novamente não persista neste meu presente razoavelmente infeliz. Foi com muita força que consegui esquecer todo o amor que sentia por ti. Foi dificil. E tu sabes disso. Foram anos de convivência e de entrega. E essa baseou-se numa entrega livre e espontânea de carinho e amor. Não nos limitavamos a simples gestos, mas sim a provas recheadas de sinceridade e respeito. Sei que tens a consciência que sempre te admirei e que sempre me surpreendeste pela positiva. És aquele que mais me respeitou e aquele que melhor cuidou de mim e do meu coração. E eu tenho saudades desse teu jeito. Dessa tua personalidade tão simples e realmente surpreendente. Já tenho saudades de ver os meus olhos cravados nos teus como se nunca tivessem perdido a verdadeira essência de um olhar terno e profundo. Sinto a falta das brincadeiras com o teu gato. Do esconda-esconda. Dos sustos que ele nos pregava. Dos filmes revistos vezes sem conta. Das gargalhadas. Dos abraços. Dos choros. Dos passeios à noite. Das mãos entrelaçadas. Sem que o medo nos impedisse de viver todo aquele precioso instante. Sinto a falta de todos estes momentos que hoje, me acalmam e aquecem o coração. É um passado bem vivido a teu lado. Sei que concordas comigo. E sei que tal como eu guardaste tudo muito bem guardado. Para um dia, cada um de nós, recordar toda esta história. Sabes? Foste até hoje, o meu unico e grande amor. E isso eu nunca irei negar. Pois sempre foi um orgulho amar-te. Contigo, sempre me senti verdadeiramente importante e feliz.

P: Sinto algo por ti.
C: O que sentes?
P: Sinto que é verdadeiro.
C: Sim. Mas qual é esse sentimento?
P: Sinto um enorme carinho que quase me sufoca o coração.
C: Mas olha, o carinho que eu sinto por ti já nem cabe no meu coração.
P: Aserio?
C: Sim.
P: Então, pronto. Vamos apenas senti-lo.

69 comentários:

  1. Que texto intenso, texto lindo, texto real.
    Adoreias palavras.
    Adorei o dialogo final, muito fofo +_+

    ResponderEliminar
  2. Realmente.. texto bastante intenso! e Muito lindo!
    Gostei imenso ! :)

    ResponderEliminar
  3. É tão bom ter um sentimento assim... Mesmo quando a dor nos invade e apaga todas as sensações boas. Lágrimas são derramadas por lembranças aprisionadas em nossos pensamentos...
    As músicas que tocam aqui são sempre lindas, mas tiram minha concentração, rs.
    Lindo, lindo.

    ResponderEliminar
  4. pois sempre foi um orgulho amar-te... mas que lindo !

    ResponderEliminar
  5. super fofinho, o teu texto, querida (:

    ResponderEliminar
  6. obrigada amor, e que dialogo fofinho *.*

    ResponderEliminar
  7. está ~(:..) cheio de sentimento *.*
    adoreeei! (L)

    ResponderEliminar
  8. voltei meu amor *

    li tudo o que deixaste cá enquanto tive ausente e adorei bastante* <3

    ResponderEliminar
  9. oh estámesmo lindo Catarina, e adoro a conversa no final!! é mesmo fofinha meu bem @@
    e Santarém é a principal cidade do Ribatejo, fica no centro do país um pouco mais para norte do que lisboa:)

    ResponderEliminar
  10. tento fazer sempre por isso :) a felicidade é algo precioso.

    ResponderEliminar
  11. obrigada meu amor :)
    já não falava contigo ha algum tempo*

    ResponderEliminar
  12. oh nao tens que agradecer, e sim ainda e um bocadinho longe $:

    ResponderEliminar
  13. obrigada.
    este tá lindo, amei por completo!

    ResponderEliminar
  14. felizmente sim. não há nada como uma festa e uma boa conversa para que tudo fique bem :$

    ResponderEliminar
  15. Ainda bem que gostas. Já te ajuda a estudar ..

    ResponderEliminar
  16. Eu paro de 15 em 15 minutos. Não me consigo concentrar nisto. Genética -.- Detesto tal coisa!

    ResponderEliminar
  17. Mas tipo, não tenho curiosidade sobre isso :x

    ResponderEliminar
  18. daqui a nada já a tenho de novo comigoooo :$

    ResponderEliminar
  19. ai que lindo, está tão profundo, amei *.*

    ResponderEliminar
  20. que lindo. obrigada amor e adoro o novo visual :)

    ResponderEliminar
  21. Gostei imenso :))
    Passa no meu blog e diz o que achas. beijinho

    ResponderEliminar
  22. juro que chorei a ler isto e com sta música , parabéns está fantástico mesmo catarina

    ResponderEliminar
  23. mas amor, desculpa a pergunta, ja nao estão juntos porquê? :'/

    ResponderEliminar
  24. - está tão giro o blog *.*
    eu estudo no Porto querida, na Lusiada, conheces ?
    obrigado $:

    ResponderEliminar
  25. não o tens que fazer , és tã querida

    ResponderEliminar
  26. desculpa a ausência minha querida e obrigada pela compreensão $:
    O blog está lindo assim :D

    ResponderEliminar
  27. minha Catrina, já descobri a carta 22, está no seguimento da carta 23:D
    mil beijinho

    ResponderEliminar
  28. ' Não sei :X
    os textos não me têm saido nada bem :O

    ResponderEliminar
  29. ainda bem *-*
    obrigada plas tuas palavras :)

    ResponderEliminar
  30. desculpa ter-te feito lembrar disso amor. mas não te preocupes, tu vais encontrar alguém melhor e que fique contigo sempre, vais ver. basta acreditar e eu estarei aqui sempre que precisares ♥

    ResponderEliminar
  31. basta acreditares meu amor. quero-te ver bem, sempre ♥

    ResponderEliminar
  32. nao esta nada de mais, o teu está bue bonito *.*

    ResponderEliminar

Abre o teu coração e exprime-te com as palavras que dele chegam (: